Espanhol Português Inglês
Novidade - Cotação Online
GUIA ONLINE
DE FORNECEDORES
Consumíveis Não Cons. Serviços Empresas
Busca Geral
Participe agora mesmo
CADASTRE-SE AGORA MESMO!


Voltar

Segundo informações, exportação de vinhos brasileiros teve um crescimento de 37% no primeiro semestre

O Brasil vem se firmando como um país importante na exportação de vinhos. Prova disso é o aumento substancial na quantidade de vendas que o país apresentou nos 6 primeiros meses de 2017, que foi de 37%.

Além do aumento do volume de vendas, a receita também aumentou em 24%. Esses dados englobam tanto a exportação de vinhos quanto de espumantes para vários países.

Expectativas para o futuro

O Wines of Brasil é um projeto desenvolvido em conjunto pelo Ibravin (Instituto Brasileiro do Vinho) e pela Apex-Brasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos). O propósito é fortalecer os vinhos e espumantes brasileiros para que eles sejam mais reconhecidos mundialmente.

O projeto contava com 30 vinícolas de todo o Brasil, mas esse número aumentou para 40 entre os meses de abril a agosto, o que deve alavancar ainda mais as exportações.

Exportação em números

Nos 6 primeiros meses de 2017, foram comercializados 1,14 milhão de litros de vinhos e espumantes, o que gerou uma receita de US$ 2,74 milhões. A presença da Wines of Brasil fora do país já é bem grande, já que 90% de todo o vinho exportado é de empresas que participam do projeto.

Nos 6 primeiros meses de 2016, foram vendidos 765.864 litros de vinho e 69.651 litros de espumante. Os vinhos renderam US$ 1.947.472, enquanto os espumantes renderam US$ 265.571, totalizando US$ 2.213.043.

Já no mesmo período de 2017, foram 1.055.249 litros de vinho e 88.601 litros de espumante. Porém, a receita, respectivamente, foi de US$ 2.255.359 e de US$ 488.779, totalizando US$ 2.744.138.

Dirceu Scottá, presidente do Instituto Brasileiro do Vinho, comemorou os dados obtidos, ainda que estes sejam gerados apenas por uma pequena parte da produção brasileira da bebida. Ainda assim, é possível ver que o setor está amadurecendo e que a qualidade dos produtos brasileiros está sendo reconhecida em outros países.

A lista dos 15 países que mais adquiriram o vinho brasileiro é liderada por Paraguai, Estados Unidos e Japão, consecutivamente. Outros países também presentes são China, Angola, França, Alemanha e Uruguai.

É interessante destacar que, dos 40 integrantes do Wines of Brasil, 33 deles são do estado do Rio Grande do Sul, que é um produtor já historicamente conhecido no Brasil. Os outros estados são Santa Catarina, Paraná e São Paulo.

Produto em Destaque

O aumento exponencial na receita obtida pelos espumantes chamou bastante a atenção. Embora eles tenham representado apenas 18% do total de vendas, seu valor aumentou em 84%, o que ajudou a alavancar ainda mais a receita obtida.

Esse aumento, porém, não foi à toa. Alguns rótulos de alta categoria foram comercializados para países como Estados Unidos, Japão e China, consequentemente aumentando a receita.

Muitas empresas foram motivadas pelo aumento das exportações dos vinhos brasileiros e também se interessaram em exportar seus produtos. Com base nisso é que foi lançado o Programa Primeira Exportação (PPE), também pelo projeto Wines of Brasil, para auxiliar essas empresas a terem as condições necessárias para a exportação.

Essa decisão é benéfica tanto para as vinícolas quanto para o Wines of Brasil, que se consolida internacionalmente e faz com que os vinhos e espumantes brasileiros sejam mais conhecidos mundo afora.

O vinho do Porto e todos os outros tipos de vinho de Portugal também são bastante apreciados e conhecidos mundialmente. Várias informações e curiosidades sobre o vinho português podem ser vistas no blog Eno Gourmet Premium, que é perfeito para quem quer conhecer mais sobre essas bebidas.




Telefone:

+55 11 5524-6931

Fique conectado:

Curta nossa Fanpage:
facebook.com/Revista-Pizzas-Massas

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Sargento Geraldo Santana,
567 – 1º andar
CEP 04674-225
São Paulo, SP - Brasil

001
script>