Espanhol Português Inglês
Consumíveis Não Cons. Serviços Empresas
CADASTRE-SE AGORA MESMO!


Voltar

Conheça seis máquinas smarts para fazer cerveja em casa

Por enquanto, nenhuma delas está disponível no Brasil; veja modelos e saiba como funcionam

Atualmente, já é possível fazer sua própria cerveja artesanal em casa com máquinas smart. Esses aparelhos prometem facilitar a vida do usuário utilizando sistemas de controle de temperatura, sensores de fermentação, entre outros. Os dispositivos funcionam junto a aplicativos para celulares Android e iPhone (iOS), o que deve diminuir a possibilidade de algum erro na receita.

Os modelos à venda variam bastante de estilo. Desde versões bem simplificadas como o LG HomeBrew, que usa cápsulas semelhantes às de café expresso, até máquinas que permitem personalizar sua própria bebida. Confira a seguir seis máquinas inteligentes para fazer cerveja em casa. Vale ressaltar que esse tipo de produto ainda não está disponível para comprar no Brasil.

BeerMkr

Controlada inteiramente pelo smartphone, a BeerMkr é uma opção para quem quer fabricar sua própria cerveja de maneira simples e descomplicada. Basta colocar os ingredientes em seu compartimento principal, adicionar a água e programar a fervura usando usando o app para celular. Após algumas horas, o aplicativo notifica que é hora de adicionar o fermento e monitora o interior do compartimento até terminar o processo. A fermentação pode durar cerca de uma semana.

O líquido fica armazenado em um plástico reciclável, que depois é retirado e colocado em um outro compartimento com dióxido de carbono (CO²). Por fim, basta colocar o compartimento na geladeira e apreciar sua cerveja feita em casa.BeerMkr se encarrega de todo o processo de fabricação de cerveja e ainda emite avisos via app de celular ? Foto: Divulgação/BeerMkr

BeerMkr se encarrega de todo o processo de fabricação de cerveja e ainda emite avisos via app de celular.

A vantagem da BeerMkr é que ela permite criar sua própria receita de maneira fácil, bastando adicionar frutas ou qualquer outro ingrediente extra junto ao malte e ao lúpulo. Um ponto negativo, entretanto, é que o plástico para armazenamento da cerveja não é reutilizável, e cada unidade é vendida por US$ 2, aproximadamente R$ 7,80. Com um plástico desses é possível produzir cerca de um galão de cerveja, com pouco menos de quatro litros.

O BeerMkr fica disponível a partir do segundo trimestre de 2019, e a pré-venda já está aberta no site da fabricante, com cada máquina saindo por US$ 350 (cerca de R$ 1.353, sem contar custo de frete e impostos). A empresa garante que entregará para o mundo inteiro, incluindo o Brasil.

PicoBrew C

Outra máquina que permite fazer cervejas artesanais em casa sem muitas dificuldades é a Pico C, da PicoBrew. Seu sistema é semelhante ao da BeerMkr: os ingredientes são colocados em um compartimento e depois a máquina faz quase tudo sozinha. A diferença, entretanto, é que a Pico C usa ingredientes já prontos, em pacotes chamados de PicoPak.

Os PicoPaks podem ser comprados no site da PicoBrew e contém receitas de todo o tipo, incluindo de cervejarias artesanais menos conhecidas por aqui. Se a ideia é experimentar rótulos de diferentes variedades e lugares, o Pico C é a máquina certa ? e ainda há a opção de criar sua própria receita no site.

Pico C permite reproduzir receitas de cervejarias artesanais ? Foto: Divulgação/PicoBrew

Pico C permite reproduzir receitas de cervejarias artesanais

Essa é justamente uma das desvantagens da máquina da Pico, já que cada PicoPak custa de US$ 15 a US$ 30, algo em torno de R$ 58 a R$ 116 em conversão direta - sem contar os custos de entrega. Além disso, não é possível fazer grandes inovações nas receitas: o máximo permitido é mudar levemente a quantidade de amargor (IBU) e teor alcoólico da cerveja (BVA).

A Pico C custa US$ 399, aproximadamente R$ 1.543, e pode ser adquirida no site da PicoBrew. Apesar disso, o frete para o Brasil decepciona: US$ 399, exatamente o mesmo valor da máquina.


LG HomeBrew

Durante a CES 2019, feira de eletrônicos que acontece anualmente em Las Vegas (EUA), a LG apresentou sua máquina de cerveja HomeBrew. Com um design que lembra uma chopeira, seu funcionamento é baseado nas cafeteiras de expresso. Adicionando água ao compartimento, basta colocar as cápsulas com os ingredientes e apertar um botão.HomeBrew usa mecanismo semelhante ao das cafeteiras espresso ? Foto: Divulgação / LG

HomeBrew usa mecanismo semelhante ao das cafeteiras espresso

A máquina faz todo o processo de fervura e fermentação sozinha, mas o usuário pode acompanhar as etapas por meio de um app. Cerca de duas semanas depois - o tempo exato varia dependendo do tipo de receita -, a cerveja estará pronta para ser apreciada.

De acordo com a empresa sul-coreana, cinco estilos de cerveja estarão disponíveis: American IPA, American Pale Ale (APA), English Stout, Belgian Witbier e Czech Pilsner, e cada leva produz cerca de cinco litros de bebida. Por enquanto, ainda não foram divulgados preço nem data de lançamento da HomeBrew.

Drinkworks Home Bar

Também usando o conceito das máquinas de café expresso, a Home Bar, da Drinkworks, permite fazer tanto cervejas quanto drinques usando cápsulas especiais. Não por acaso, o aparelho foi produzido em parceria com a Keurig, famosa fabricante de cafeteiras domésticas nos EUA.

Apesar do foco do produto ser drinques e batidas, como margarita, cosmopolitan e mojito, a empresa também oferece cápsulas de cervejas famosas, como Beck?s e Stella Artois. A máquina automaticamente reconhece a cápsula por meio de um código de barras e faz o preparo de acordo com cada tipo de bebida.


Máquinas Home Bar faz coquetéis e cerveja em questão de segundos ? Foto: Divulgação/ Drinkworks

Máquinas Home Bar faz coquetéis e cerveja em questão de segundos

A parte boa da Home Bar é que os drinques demoram menos de 60 segundos para ficarem prontos e já saem gelados, prontos para beber. Cada cápsula custa US$ 4, algo em torno de R$ 15. Isso, aliado ao valor dos tanques de dióxido de carbono (CO²) - cada kit com duas cargas sai por US$ 15, aproximadamente R$ 58 -, pode ser um ponto negativo do dispositivo.

A máquina, que custa US$ 299 (R$ 1.160), ainda não foi lançada oficialmente. Por enquanto, a Drinkworks Home Bar está em período de testes e pode ser encontrada em apenas alguns estados dos EUA.

Cápsula do Drinkworks Home Bar ? Foto: Divulgação/Drinkworks

Cápsula do Drinkworks Home Bar

MiniBrew

Com um aspecto parecido ao de uma cafeteira elétrica, a MiniBrew é mais uma máquina smart que facilita o processo de produção de sua própria cerveja. Ainda assim, ela exige mais etapas manuais do usuário, o que é ótimo para quem quer conhecer o processo de fato ou pretende customizar a receita com maior liberdade. Por outro lado, sobretudo para quem ainda está começando, as primeiras levas podem sair com um sabor pior que o esperado.

Para quem já tem experiência em fazer cervejas artesanais, a MiniBrew pode ser um aliado. Usando o aplicativo para smartphone, é possível monitorar a temperatura e o tempo de fervura e fermentação da bebida. Além disso, a própria máquina possui um sistema de autolimpeza simples e eficaz, o que já poupa um bom tempo de preparo.Máquina de cerveja MiniBrew é para usuários experientes que querem praticidade ? Foto: Divulgação/MiniBrew

Máquina de cerveja MiniBrew é para usuários experientes que querem praticidade

Em geral, cada leva demora de uma a duas semanas para ficar pronta e rende cerca de cinco litros de cerveja. A quantidade pode ser pouca para uma grande festa, mas deve ser suficiente para tomar com alguns poucos amigos. A versão mais barata da MiniBrew custa 1.199 euros (cerca de R$ 4.866) e, por enquanto, a empresa não entrega no Brasil.

BeerDroid

Quem prefere fazer uma quantidade maior de cerveja por leva, pode optar pela BeerDroid, da empresa australiana BrewArt. A máquina é capaz de produzir até 10 litros dos mais variados tipos de cerveja com apenas um toque no botão. Toda a produção também pode ser monitorada por meio de um aplicativo para smartphone.

Um dos pontos fortes da BeerDroid é seu belo design em formato de barril. Além disso, a máquina conta com uma abertura em seu recipiente principal que permite acompanhar o processo da água se transformando em cerveja. Depois, é só abrir a torneira e degustar.

BeerDroid produz dez litros por leva ? Foto: Divulgação/BrewArt

BeerDroid produz dez litros por leva Apesar dessa facilidade em fazer sua bebida em casa, infelizmente só é possível utilizar os ingredientes que a própria empresa fornece, os chamados BrewPrints. E eles não são dos mais baratos, custando de 28 a 44 dólares australianos, cerca de R$ 76 a R$ 120 em conversão direta.

Outro problema para nós, brasileiros, é que atualmente a BeerDroid só é vendida na Austrália e nos Estados Unidos. Nas lojas dos EUA, o modelo custa US$ 500, aproximadamente R$ 1.933 na cotação atual.

BeerDroid usa ingredientes proprietários, chamados de BrewPrints ? Foto: Divulgação/BrewArt

BeerDroid usa ingredientes proprietários, chamados de BrewPrints




Telefone:

+55 11 5524-6931

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Sargento Geraldo Santana,
567 – 1º andar
CEP 04674-225
São Paulo, SP - Brasil

001
script>