Espanhol Português Inglês
Consumíveis Não Cons. Serviços Empresas
CADASTRE-SE AGORA MESMO!


Voltar

Fique Por Dentro com USDEC: Edição Exclusiva

Atualização do Mercado Lácteo dos EUA

Nos EUA e no mundo, o impacto da covid-19 continua sendo o assunto predominante em conversas e o principal fator de influência nos mercados lácteos globais. Nos EUA, a demanda por produtos lácteos destinados ao setor de alimentos - restaurantes, hotéis e serviços de catering - caiu drasticamente, pois os pedidos de que se fique em casa ainda permanecem em vigor na maior parte do país. Antes da covid-19, cerca de 40% da manteiga e do queijo produzidos nos Estados Unidos eram utilizados em serviços domésticos. Um aumento na demanda do varejo à medida que os compradores passaram a comer em casa, foi bem-recebido, porém, não foi o suficiente para compensar o declínio consumido pelo setor de foodservice.

Isso acarretou em uma forte queda nos preços de queijo e de manteiga. Aproximadamente 94% do queijo e 96% da manteiga dos EUA são vendidos para o mercado interno, portanto, choques severos na demanda doméstica têm um forte impacto nos preços desses produtos. (O leite desnatado e soro de leite dos EUA geralmente são orientados para o mercado internacional, portanto, esses preços são regidos pelos fundamentos internacionais da oferta e demanda).

A ruptura do covid-19 no setor de foodservice dos EUA aliada a forte produção de leite na primavera dos EUA, resultaram em um mercado com excesso de oferta. Assim sendo, processadores, cooperativas e produtores nem sempre conseguiram encontrar mercados para o seu leite. Então, uma parte do leite foi desviada para a fabricação de produtos mais estocáveis, porém, em muitos casos, o leite precisou ser descartado como último recurso. No entanto, a indústria de lácteos dos EUA ainda está prontamente disponível para os mercados de exportação, ao mesmo tempo que a logística de transporte continua a funcionar relativamente sem maiores dificuldades.

Indústria de Lácteos dos EUA trabalhando 24/7, 365 dias por ano
A resiliência tem sido uma característica dos produtores e processadores de lácteos dos EUA há muito tempo. Isso pode ser visto novamente em sua abordagem ao COVID-19. Leia sobre sua dedicação e compromisso em fornecer leite e produtos lácteos de qualidade antes, durante e após uma pandemia na campanha de mídia social da Federação Nacional dos Produtores de Leite dos EUA (National Milk Producers Federation, NMPF, em inglês) #dairyneverstops.

Vilsack descreve o desafio da Indústria de Lácteos dos EUA e os planos de exportação do USDEC
Tom Vilsack, Presidente e CEO do USDEC, e ex-Secretário de Agricultura dos EUA durante o Governo Obama, conversou com a mídia dos EUA em abril, sobre como o COVID-19 está afetando a indústria de lácteos dos EUA e os planos de negócios do USDEC. Durante um podcast com a Agri-Talk, o secretário Vilsack enfatizou que a Indústria de Lácteos dos EUA está pronta, disposta e capaz de continuar atendendo os mercados de exportação e doméstico. Ouça a entrevista do presidente clicando aqui.

Dia da Terra provoca recorde de sustentabilidade na indústria de lácteos dos EUA

O 50º aniversário do Dia da Terra, em 22 de abril, foi o cenário ideal para revisar as credenciais de sustentabilidade incomparáveis da Indústria de Lácteos dos EUA. A história na seção U.S. Dairy Spotlight, "A Indústria de Lácteos dos EUA oferece nutrição sustentável", explica como a Indústria de Lácteos dos EUA se dedica para cuidar do planeta enquanto alimenta o mundo. O Conselho de Exportação de Lácteos dos EUA (U.S. Dairy Export Council, em inglês) também desenvolveu um novo folheto detalhando o compromisso inabalável dos produtores de lácteos dos EUA com práticas de produção responsáveis e melhoria contínua em toda a cadeia de valor, demonstrando impactos positivos, desde a fazenda até a mesa.

USA Cheese está se tornando social
A marca USA Cheese Guild - criado pelo USDEC como um hub de recursos educacionais - lançou uma nova campanha de mídia social dedicada à criação de uma base de fãs de consumidores de "Queijo dos EUA" ("Cheese from the USA", em inglês) em 10 países ao redor do mundo. Com mais de 20 contas diferentes de mídias sociais globais, estamos levando aos consumidores conteúdo de primeira linha, mostrando a variedade, a versatilidade, a produção artesanal e a inovação da comunidade de queijos dos EUA. Recomendamos que você siga nossos feeds globais, assim como sua respectiva conta local para saber mais: Contas Globais @USAcheeseGuild: Instagram; Facebook; LinkedIn. Conta local: @USAcheeseGuildChile.

Acompanhamento dos requisitos de importação em evolução
A equipe de MARA (Market Access & Regulatory Affairs, em inglês) do USDEC e os escritórios no exterior estão monitorando os mercados globais e acompanhando todas as mudanças de mercado à medida que ocorrem para agilizar os embarques de lácteos dos EUA e levar produtos para aqueles que precisam. Pelo menos 14 mercados tiveram regulamentos de importação revisados temporariamente nas últimas semanas para facilitar a segurança alimentar durante a crise do coronavírus. Entre eles estão Austrália, Colômbia, Costa Rica, União Europeia, Egito, Indonésia, Suíça, Kuwait, Omã, Catar, Filipinas, Coréia do Sul, Taiwan e Tailândia.

Entre em contato com o representante local do USDEC na América do Sul, usdec@riverglobal.net.




Telefone:

+55 11 5524-6931

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Sargento Geraldo Santana,
567 – 1º andar
CEP 04674-225
São Paulo, SP - Brasil

001
script>