Espanhol Português Inglês
Consumíveis Não Cons. Serviços Empresas
CADASTRE-SE AGORA MESMO!


Voltar

Os 5 melhores restaurantes vegetarianos de Barcelona

Dicas que vão muito além do pimentão com berinjela e tofu

Anos atrás, ajudei um jornalista do The New York Times na saga de encontrar tapas vegetarianas em Barcelona. Não morremos de fome, mas chegamos a uma conclusão: se você não come carne, é bom que goste de pimentão e berinjela. Por sorte, muita coisa mudou desde então e, hoje em dia, a cena veggie na cidade vai bem além da escalivada e da melancolia do tofu. Confira:

1. Teresa Carles

É um dos restaurantes da chef catalã que dá nome à casa, considerada uma das imperatrizes da "nova cozinha vegetariana" em Barcelona. Fica pertinho da Rambla, no Raval, e é uma graça de lugar, com pratos que variam diariamente, preço camarada e uma boa lista de tapas para quem quiser apenas picar algo, como se diz por aqui. Os pratos fortes (como o risoto de aveia com aspargos, queijo azul e nozes caramelizadas) custam cerca de ?13.

Flax & Kale: a casa da imperatriz da nova cozinha vegetariana em Barcelona

Flax & Kale: a casa da imperatriz da nova cozinha vegetariana em Barcelona (Teresa Carles/Reprodução)

2. Flax & Kale

Mais uma sacada da chef Teresa Carles, também no Raval, é o lugar ideal para ir com aquele amigo que não consegue ficar totalmente longe da proteína animal. A pegada aqui é "flexitariana": 80% dos pratos são vegetarianos e 20% contêm peixe, sendo que todas as receitas estão pensadas para serem saudáveis e nutritivas. Superluminoso, o lugar tem pé direito alto, sofás floridos e mesas de madeira. Além de servir almoço e jantar, é ótimo para tomar café da manhã ou um brunch (aos finais de semana). Os pratos principais custam, em média, ?18.

The Green Spot: visual incrível e cozinha vegetariana para não vegetarianos (En Compania de Lobos/Instagram/Reprodução)


3. The Green Spot

É a aposta ambiciosa do grupo En Compania de Lobos que, além de um nome bizarro, tem restaurantes de sucesso em Barcelona, Madri e Mallorca. Porto seguro numa área superturística na cidade, pretende ser um "vegetariano para não vegetarianos". Ou seja, fácil de gostar, com receitas que vão de pizzas a saladas criativas, passando por tacos (preço médio de ?16 por prato principal). O projeto é do arquiteto brasileiro Isay Weinfeld, com um visual espetacular que a revista Time Out definiu como "meio do caminho entre uma fazenda colonial e cenário de Star Wars".

4. Raso Terra

Com sotaque italiano, este restaurante é dos presidentes do movimento Slow Food de Barcelona. O espaço é agradável e arejado, com mesonas coletivas pra quem estiver a fim de ensaiar uma interação, no coração do Bairro Gótico. Tem um bom menu degustação a ?32 e menu econômico de almoço.

5. Biocenter

É o bastião da resistência vegetariana em Barcelona, tendo sido um dos pioneiros na cidade, há 30 anos sem perder o fôlego. Sem frescura, mas com muita consistência nas receitas, funciona como um bufê, no Raval. Uma refeição completa sai por ?11,45. Também serve café da manhã.




Telefone:

+55 11 5524-6931

Newsletter:

Fique conectado:

© EDITORA INSUMOS LTDA.

Av. Sargento Geraldo Santana,
567 – 1º andar
CEP 04674-225
São Paulo, SP - Brasil

001
script>